www.jornalminuano.com.br
 
Ano XVIII - Bagé/RS
quinta-feira , 19 de outubro de 2017
Cadernos
arte e cultura
Ellas
Esportes
Máquinas e Motores
Saúde

Editoriais
Campo & Negócios
charge
Cidade
editorial
esportes
fogo cruzado
minuano empreendedor
segurança
últimas notícias

Colunas
Aniversariantes
É Verdade
Espaço do leitor
Nas asas do vento
Papo de elevador
ponto de vista
social


 
| Campo & Negócios
por: Jaqueline Muza
 
[00h:17min] 03/10/2013 - CAMPO
Município promete apoio aos apicultores da região
Com o objetivo de debater as demandas para a apicultura na região, a diretoria da Associação Bajeense de Apicultores (ABA) participou de uma reunião com o prefeito Luís Eduardo Dudu Colombo.
 
DIVULGAÇÃO
Produtores solicitaram apoio para o desenvolvimento do setor
 

Na pauta do encontro, a implantação da Casa do Mel, uma jornada de apicultura e o pedido de um curso de tecnólogo na área, que poderá ser implantado no Instituto Federal Sul –Rio-Grandense. O coordenador da Câmara Setorial de Apicultura, Heráclides dos Santos também participou da reunião.
O encontro foi proporcionado pela vereadora Cláudia Sousa que havia solicitado ao prefeito um local para a implantação do projeto da Cooperativa Apícola do Pampa Gaúcho (Cooapampa) com sede em São Gabriel e Secretaria da Agricultura Pecuária e Agronegócio (Seapa) para construção de 13 Casas de Mel no Estado. Cláudia comenta que o prefeito havia sugerido a construção no horto municipal e os produtores preferiram outra área.
De acordo com o presidente da ABA, Cláudio Schievelbein, na questão da área para a construção Casa do Mel, a Associação sugeriu que fosse construída no IFSul ou na Unipampa, onde, também, possa ser articulado junto ao Ministério de Educação e Cultura (MEC) a possibilidade de um curso específico junto ao local. Além dessa demanda, a diretoria pediu apoio para promover uma jornada de apicultura, que deve acontecer entre março e abril de 2014.
Schievelbein apresentou ao prefeito os números da produção na região. Ele disse que desde 2004, quando o Brasil começou a exportar mel, houve um aumento significativo do número de produtores e por existir um mercado seguro, hoje Bagé e Santana do Livramento são responsáveis por 60% de toda a produção de mel que é exportado no Brasil.
O prefeito destacou que a ideia de qualificação do setor é de extrema importância e se comprometeu em dar apoio aos projetos. “Poderemos trabalhar juntos na aproximação com o governo federal no sentido de buscarmos a criação de um curso específico na área, através do IFSul ou Universidade Federal do Pampa (Unipampa), que foram instalados , justamente para colaborar no desenvolvimento da região” ,afirmou.
 
 

Mais links relacionados

 
[00h:12min] 03/10/2013 - Campo & Negócios
Associação e Sindicato Rural prepara o jantar Destaques
 
 
 
Extras
cadernos anteriores
edições anteriores
horóscopo
News
Para ficar sempre informado faça o seu cadastro
Nome:
E-mail:
 
 

 


É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal Minuano.

Rua Brigadeiro Mércio, 72 - Bagé/RS: (53) 3242.7693 - ©2005 www.jornalminuano.com.br - ® - All rights reserved - desenvolvido por InterfaceMM